terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Escolhendo e instalando da melhor campainha elétrica para você conforme for o seu caso

   Aqui mostraremos alguns modelos de campainhas, para que, no momento de decidirmos a escolha de qualquer desses equipamentos, não tenhamos dúvidas e nem mesmo arrependimentos  por compras mal feitas. o que acontece nesses casos são frases desses tipos: "Se eu tivesse essas informações não teria comprado isso, o equipamento seria mais útil para a finalidade x."  Então, para ajudar a uma melhor decisão, foi feita esta página para que você faça a melhor escolha.   Iniciando: Veremos várias situações em que uma campainha é necessário. 
    Imagine uma casa em uma rua pública, onde todos os ocupantes, estão distraídos em seu interior, bem à vontade. A casa é enorme, e não tem campainha. Na área externa existem  os barulhos naturalmente, então o  que fazer quando alguém chega à esta casa. O visitante vem, bate na porta ou chama em voz alta. E se seus ocupantes estiverem distantes da porta, o que ninguém iria ouvir, então o visitante iria embora, no que poderia ser uma pessoa vinda de longe, ou mesmo  uma encomenda, recado importante, etc.
    Um outro caso, é uma casa onde tenha uma pessoa debilitada que necessite de cuidados médicos, principalmente acamada. Imagine essa pessoa precisando de chamar alguém! Para quem está cuidando, como saber se a pessoa acamada está precisando de algo, e o acamado(a) como chamar?
    Para quem muda de residencia constantemente, e não quer quebrar paredes tem solução também. Então vamos lá.
    No primeiro caso onde na residência você vai morar por muito tempo, melhor seria fazer a instalação de uma campainha fixa, "não portátil" o que deveremos quebrar a parede onde vai ser instalados os fios, e liga-la na rede elétrica. A vantagem é que depois de instalada, poderemos esquecer de mexer no aparelho, é só usar por anos à fio "muito tempo". Pode-se usar uma portátil também, mas de tempos em tempos a bateria do transmissor ficará fraca. O resultado será, alguém vai chegar à sua casa acionar a campainha e ninguém vai atender, até alguém de sua casa perceber que a campainha não esta funcionando e trocar a bateria do transmissor pra normalizar o equipamento, "um dia vai perceber". 
    Colocando a fiação dentro da parede, mais é uma questão estética, para não haver fiações nem tubos sobre a parede.
    Podemos usar também uma campainha e botão externos, o que é bem mais fácil instalar. Não precisamos quebrar a parede. O problema é a fiação exposta ou tubos eletroduto instalados. No máximo as ferramentas serão uma furadeira e chave de fenda.
Campainha portátil wireless, ou radiofrequência.
    Agora vamos a um outro caso. Em uma determinada casa tem uma pessoa em enfermidade, ou com dificuldades de locomoção. Instalar uma campainha fixa vira um transtorno, porque em alguma hora qualquer o paciente por algum motivo, tenha que ser movido para outro cômodo da casa para ter alguma facilidade, perto de uma janela pra respirar um pouco etc. Neste caso, uma campainha móvel seria tanto cômodo como prático. Podemos levar onde quisermos, até mesmo para fora de casa, de algum parente, troca de comodo, etc. Se você precisar ir pra cozinha, ou tomar um banho e a casa sendo muito grande, o transmissor ficaria na mão do paciente ou ao seu alcance, pra quando ele precisar, enquanto o receptor você pode leva-lo para aquele cômodo fechado, ou banheiro ir tomar um banho se for o caso né..., mas só não esqueça de pluga-lo na tomada onde você estiver.

    Uma outra situação é se você frequentemente muda de endereço, aluguel principalmente. Por não precisar quebrar paredes, e chegar no local usando, a campainha portátil é mais prática. Mas cuidado, se vai morar em condomínio, na própria embalagem costuma ter esse aviso. "Não é muito indicada para condomínio". A verdade por se tratar de aparelho que trabalha com radiofrequência, pode existir alguém com um aparelho destes que funcione  com essa mesma frequência no local. Resultado, você vai estar tranquilo na sua casa, o paciente de seu vizinho vai acionar a campainha dele, ou as visitas do vizinho vai acionar a campainha, vai tocar a deles e a sua também te incomodando. mas pode acontecer de ter várias pessoas com aparelhos portáteis, e ninguém  com frequências repetidas. Mas se tiver mesma frequência, os aparelhos distanciados acima dos 100 metros, talvez não te dará problemas onde mora, os equipamentos não entrarão na frequência  um do outro. É que tudo que tem muita facilidade tem lá seu preço. 
    Uma outra situação seria você ter uma loja, ou uma sala comercial e precisar se ausentar da recepção por alguns instantes sabe-se lá pra quê. O cliente chega e aperta a campainha que esta em um local visível com uma plaquinha de aviso, "é uma ideia que já esta em uso".
Botão de pânico
    Na recepção de uma sala comercial vários funcionários estão trabalhando. Caso precisem de ajuda emergencial deveriam te acionar em uma sala distante, o que é muito prático. Mas nesse caso de emergência, em minha opinião, a campainha não portátil, seria melhor. Isso por um aparelho que usa bateria por muito tempo e seu possível esquecimento, por se tratar de segurança as verificações deveriam ao menos ser de tempos em tempos, na hora do pânico poderemos ter um aparelho que não funcione tornando-o inútil por falta de energia na bateria no transmissor. Para pânico o ideal seria um aparelho que funcione totalmente na energia elétrica da casa e mais a bateria, transmissor e receptor. 
Pra quem quer mesmo economizar energia elétrica.
    Qualquer destas campainhas fixa permanentes, ou não portáteis depois de instaladas, só irão consumir energia elétrica quando o botão for acionado, fazendo a campainha tocar. 
    Isto já não acontece o isso com o aparelho portátil. Mesmo sendo muito pequeno, depois de instalado irá consumir uma pequena parcela de energia elétrica de sua casa. Isto  porque o receptor, aquela parte que você pluga na parede, fica sempre em estado de alerta para receber o sinal de seu transmissor.
Vamos as imagens.
Dizem que uma imagem vale por mil palavras, então vamos lá.
    Aqui está a nossa campainha portátil. Acho que não precisa dizer muita coisa visualizando as fotos. Ao comprar, na mesma embalagem já estará incluída uma pilha "bateria". Só plugar na parede e usar. A vantagem é que ela tem vários formatos de sons para escolher.
Campainha Elétrica wireless

Nas imagens abaixo podemos ver:

A primeira é uma campainha de sobrepor que esta com o lado de baixo à mostra, onde podemos ver uma gambiarra de instalação elétrica, para quem não sabe instalar uma campainha e ter uma ideia. Claro que a campainha e o botão ficarão bem longe um do outro. Os dois fios que  estão esticados, serão ligados na rede elétrica. Mas tome cuidados, esteja calçado(a), desligue a rede elétrica antes de começar. verifique a tensão do aparelho 110 ou 220 volts, e da casa também. Só continue a instalação se a voltagem de seu aparelho for a mesma da residência. Na embalagem tem essa informação. use fiação de 1,5
Campainha elétrica

Abaixo temos as imagens de uma campainha de embutir. Se você é daqueles que não gosta de ver muitos aparelhos pendurados na parede, esse é ideal por ficar dentro da caixinha tanto campainha quanto interruptor. Só achei o som meio baixo. Foram feitas várias imagens para que tenham uma ideia de como pode ficar em seu projeto
Campainha elétrica de embutir